InícioFAQBuscarGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Capítulo 02 - WoD 101 - Aparição: O Limbo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Shinji
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 838
Data de inscrição : 14/05/2011
Idade : 33
Localização : Indaiatuba-SP

MensagemAssunto: Capítulo 02 - WoD 101 - Aparição: O Limbo   Qui Out 09 2014, 13:20

No dia seguinte, encontraram-se no parque da cidade como o combinado.
Alice, Iago e Baltazar encontra o Velho sentado debaixo de uma arvore.
- Boa tarde. - diz Iago
- E aí Velho? - diz Alice
Baltazar se manteve calado. O Velho então, olha para o o lado do pequeno bosque e de lá surgem quatro figuras. Um homem negro com o físico de halterofilista, uma mulher de idade com cabelos brancos, roupas de ginástica e tênis de corrida, um rapaz moreno, jovem, de longos cabelos cacheados, usando camiseta preta de uma banda de rock, calça jeans, coturno e óculos escuros de lentes circulares no rosto e por fim uma mulher jovem, com porte atlético vestindo uma calça cargo com vários bolsos, bota, os cabelos castanhos arrumados em um pequeno rabo-de-cavalo, camiseta sem mangas e óculos escuros no rosto.
- Muito bem, vejo que estão todos aqui - diz o Velho
- Espero que seja muito importante o que tem para nos dizer... - diz o homem musculoso
- Carlos, fica frio, o Velho nunca chamaria a gente para um piquenique, certo? - fala o outro rapaz.
- Gostaria de apresentar-lhes os novos caçadores na área, Alice, Iago e Baltazar. - diz o Velho
- Eles não são meio novos não? - pergunta o rapaz
- Iago, Alice, Baltazar, estes são Carlos, Fortunata, Samedi e Érica. Eles são os representantes de seus pares na cidade. - diz Velho continuando antes que Iago perguntasse - Carlos é um mago, Fortunata é uma lobisomem.
- Garou - interrompe ela - e podem me chamar de Akelá - diz a senhora sorridente.
- Eu sou um vampiro - diz Samedi tentando assustar eles mostrando suas presas.
- Você não deveria ter virado cinzas não? Até eu teria virado cinza nesse sol de rachar mamona... - diz Alice
- Sou tretado - diz Samedi com um sorriso sacana
- E a Érica também é caçadora, mas ela lida apenas com os mortos sindicalizados...
- Como é? - pergunta Iago - Depois que eu morrer vou para em um sindicato?
- Espero que não garoto - diz Érica
- Você ainda anda com o carniça por aí? - pergunta Samedi
- Está no porta-malas... - diz Fortunata - sinto o cheiro daqui...
- Se fode aí "garou" - diz Samedi
O Velho apenas olha para Samedi, fazendo ele esconder o sorriso rapidamente.
- Bom, apresentações feitas, o que quer de nós? - pergunta Carlos.
- Vocês vão dar treinamento para eles. Eles precisam conhecer o mundo que acabam de entrar. - diz o Velho num tom mais sério que antes
- Putz, que merda... - diz Samedi
- A matilha não vai gostar disso... - comenta Fortunata
- Nem a capela... - completa Carlos
- Então eles vão comigo primeiro - diz Érica -Até vocês ganharem a opinião dos outros. Venham.
Érica começa a caminhar até o carro, um velho utilitário com uma caixa grande na caçamba.
- O que tem na caixa? - pergunta Iago
- O corpo embalsamado do meu marido. - diz Érica
- Ah...
- Que legal! - diz Alice - Você mesmo que matou ele? Empalhou e tudo mais?
- Mais ou menos - diz Érica estranhando um pouco a reação da garota.
- Ta aí uma boa idéia do que fazer com o Baltazar quando se cas... - Alice interrompe Iago com um soco no braço dele. - Ai! Doeu, sua monstra!
- De nada. - responde Alice.
- Aqui, peguem isso. - Érica entrega um par de pequenos bonecos de pano para cada um - Coloquem isso na cama de vocês e pendurem o outro no pescoço. Com isso vocês poderão sair a noite e seus pais acharão que estarão na cama, dormindo.
- Isso aqui é voodoo... - comenta Iago
- Isso mesmo. - replica Érica
Baltazar entrega os bonecos devolta para Érica e segue até o Velho e os outros três continuam a conversar.
- O que deu nele? - pergunta Érica
- Ele não vai precisar disso, mora sozinho, os pais viajam sempre, ele sabe se virar sem isso. - completa Alice.
- Bom, de qualquer forma, me encontrem nesse endereço. É uma casa fechada com uma placa de vende-se na frente. Só me chamar, estarei lá esperando vocês.
- Precisamos levar alguma coisa? - pergunta Iago
- Não, o material fica por minha conta. Agora vou indo, tenho que preparar algumas coisas. - diz Érica entrando no carro e se despedindo
Assim que Baltazar se aproxima do Velho e dos outros, eles se despedem de Baltazar e o Velho diz:
- Qual o problema?
- Eu não confio em você.
- É sábio da sua parte.
- Como você... - diz Baltazar, mas é interrompido pelo Velho - Não amola garoto. Você se acha muito crescido por se virar sozinho na sua casa, mas é o mais mimado e fresco dos três. Você quer saber o que faço e quem são eles? Go google it! Vocês são uma geração preguiçosa e prepotente, não é a toa tudo o que aconteceu! Agora, vai lá e vê se aprende alguma coisa! - diz o Velho indo embora enquanto Baltazar olha ele a se distanciar.
Alice e Iago se aproximam.
- Que foi Baltz? - pergunta Iago
- Que deu em você japa? Vamos lá ver o que a Érica tem pra nos mostrar...
- ...
- Nós três somos um agora, somos um pacto lembra? - diz Iago
Baltazar fecha os olhos, respira fundo e acena com a cabeça.
- Nos encontramos lá então. - diz Alice indo embora
Iago segue seu caminho para casa e Baltazar segue para a sua, aguardando o anoitecer.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://mugentekikodairpg.forumeiros.com
eva45
Mod
Mod
avatar

Mensagens : 1483
Data de inscrição : 15/05/2011
Idade : 29
Localização : Indaiatuba

MensagemAssunto: Re: Capítulo 02 - WoD 101 - Aparição: O Limbo   Sab Out 11 2014, 23:04

Quando a noite cai, eles seguem para o endereço combinado, e lá estava Erika esperando eles. Estava de botas, um shorts jeans tão curto que chegava a ser "perigoso", um top preto e um coldre de couro com um revolver.

- Yo, e ai molecada?

- Noite! - Acena Alice

- Boa noite srta Erika. - Iago.

-... - Baltazar.

- Muito bem, vamos pra dentro, meu marido está esperando já.

Os três fazem uma cara de duvida, mas entram.

 A casa era bem simples, e eles são levados diretos a cozinha que tinha uma pia, armarios, fogão e uma unica mesa redonda com duas cadeiras. Sobre a mesa, um telefone velho de girar.

 Erika tira o telefone do gancho e disca. Baltazar repara que o telefone não estava ligado em lugar nenhum.

 - Alo? Oi Aline, sou eu, Kika, sim, meu marido está? diga pra ele subir ok? ok, obrigada, tchau. - Ela desliga o telefone e senta.

 - Pronto, vamos esperar que ele ja vem.

 Instantes depois as luzes começam a piscar, a casa treme como se fosse um terremoto, portas e janelas abrem e fecham violentamente, parecia um filme de terror. De repente, a lus se apaga de vez e quando ela volta, havia um homem ao lado de Erika. Cabelo curto, feição asiatica, vestia calça, camisa social branca, estava de botas e tinha um coldre com outro revolver.

 - Boa noite amor.

 - Oi Beto.

 - Então, esses são os alunos novos de Toninho? - O homem recem aparecido olhava pros três. - Ele tinha uma cicatriz no pescoço, como se tivesse sobrevivido a um corte.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shinji
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 838
Data de inscrição : 14/05/2011
Idade : 33
Localização : Indaiatuba-SP

MensagemAssunto: Re: Capítulo 02 - WoD 101 - Aparição: O Limbo   Dom Out 12 2014, 12:02

- É... o Toninho mandou a gente ensinar eles sobre o mundo sabe... - diz Érica se levantando da cadeira e pegando um pacote de sal grosso.
- E você vai fazer o que? - pergunta Beto.
- Vou fazer aquele ritual...
- Perae, achei que era só para mostrar algumas coisas, poderzim e coisas assim... mover objetos, possuir coisas, pessoas... e não levar eles lá para o outro lado...
- As coisas menores você pode mostrar depois... - diz Érica terminando de desenhar um circulo com o sal grosso ao redor da mesa.
- E... no que consiste esse seu ritual? - pergunta Iago
- Ele se chama "A Boa Pequena Morte"...
- Amor... você não deveria usar um ritual thanótico...
- Fique quieto carniça, eu sei o que to fazendo.
- Há, carniça! - Alice ri
- Vamos, ponham as mãos na mesa.
Os três se aproximam da mesa e colocam as mãos sobre ela.
- E agor...? - Iago se cala quando vê Érica sacar seu revolver e disparar nas costas de Alice.
Iago e Baltazar tentam se afastar da mesa, mas suas mãos estão presas. Antes que gritasse, Iago leva um tiro no peito. Por fim, Baltazar, olha nos olhos de Érica. Ela hesita por um instante, faz pontaria e dispara contra o peito de Baltazar.
Ele sente seu sangue quente escorrer, o cheiro da carne queimada, seu pulso diminuir, a urina quente escorrer pelas pernas e esfriar. Sua respiração começa a ficar dificil e sua visão escurece.
Ele abre os olhos e se vê com os outros dois e o rapaz dentro de um elevador.
- Você é duro na queda hein... demorou para se juntar a nós. - diz Beto
- Nós... morremos? - pergunta Baltazar
- Tecnicamente sim... mas faz parte do ritual. Vocês vão voltar sãos e salvos.
O elevador desce por uma estrutura metálica e pela grade eles observam a enorme cidadela, iluminada por fogos-fátuos, repleta de pessoas que chegam por todas as partes, desembarcando de trens e barcos, com um rio largo a atravessar a cidade.
- Gente, aquele ali é o Rio Estíge. - diz Beto apontando para o rio largo de águas negras. - E ali na frente temos... - Ele é interrompido pelo solavanco do elevador parando e abrindo as portas. Um sujeito baixinho vestindo terno e carregando uma pasta se aproxima deles:
- Beto, o Chefe quer falar contigo...já.
- Ah...beleza... bom, venham comigo vocês... vamos ter que começar pelo sindicato... - diz ele.
Iago, maravilhado com tudo aquilo, olha para toda parte e pergunta:
- Que negócio é esse de sindicato?
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://mugentekikodairpg.forumeiros.com
eva45
Mod
Mod
avatar

Mensagens : 1483
Data de inscrição : 15/05/2011
Idade : 29
Localização : Indaiatuba

MensagemAssunto: Re: Capítulo 02 - WoD 101 - Aparição: O Limbo   Dom Out 12 2014, 19:34

- É... algum de voces é religioso? O que tenho a dizer pode deixar alguem deprimido.

 Os tres ficam em silencio.

- Bem, quando voce morre, se tiver qualquer assunto inacabado, vem parar aqui. Aqui é o Reino de Ferro, Estigia, onde os mortos inquietos vem para poder resolver seus assuntos e transcender.

 - Nada de anjos? demonios? Aquela luz? - Iago

- Não, apensas Estigia e a Hierarquia, ou sindicato como é vulgarmente conhecido.

 Quando o elevador para de vez, os quatro saem. Era um cenario apocaliptico. Ceu sempre cinza como se a qualquer momento fosse cair uma tempestade. predios velhos, carros velhos, pessoas em roupas de seculos passados, de todas as etinias. existem lojas, barracas, predios de escritorios e outros sinais da vida moderna comum.

 - Por aqui, vamos ao escritorio central dos Doomslayers, onde trabalho.

 - Doom quem? - Alice

 - Doom slayers, somos os que vigiam o Labirinto proximo do Limbo para impedir ataques de espectros

 - Espectros. É uma longa historia, por hora entendam assim, ja viram Ghost? Aquele do Patrick Swayze?

- Sim. - Iago.

- Ele é um morto inquieto, como eu, como todos aqui. E O Grito? Viram?

- Claro po! - Alice

 - Aquela Kayako Saeki, aquele fantasma do Arrrrrrgggghhhh, ela é um espectro, um fantasma movido por odio, furia, desprezo e outras coisas ruins. 

 Eles continuam caminhado até chegar num predio com o que parecem um legionario romano e um cavaleiro templario na porta.

 - Tarde Beto! - Os dois cumprimentam o rapaz.

 - Seu Nicolau, Seu Otavius. - Eles cumprimentam o rapaz que entra no predio. Parece ser uma repartição publica como qualquer outra com secretarias, escrivãos, soldados da segunda guerra...

 Beto toma uma escada que leva ao quarto andar onde ele entra numa porta escrito "Pretoriano".

 - Entre Roberto! - uma voz ressoa de tras da porta.

 Beto abre a porta e numa escrivaninha tinha um figura numa armadura que parecia Sauron do Senhor dos Aneis. Ele digitava num computador.

 - Hm, quem são esses? recem-chegados? Otimo, preciso que de uma olhada no posto avançado, houve relatos de Espectros por aquelas bandas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shinji
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 838
Data de inscrição : 14/05/2011
Idade : 33
Localização : Indaiatuba-SP

MensagemAssunto: Re: Capítulo 02 - WoD 101 - Aparição: O Limbo   Dom Out 12 2014, 20:07

- No posto avançado? Bom, é que esses aqui são os alunos do Antonio e...- Beto é interrompido pelo ser de armadura.
- Tanto melhor. Leve-os com você. Tenho certeza que irão ajuda-lo.
- Mas...ah...ok... vamos lá gente...
Enquanto saem do prédio, Iago pergunta:
- Porque existe uma cidade em cima e outra embaixo?
- A de cima é para os turistas... pessoas que podem vir olhar e visitar esse lado... esta aqui é a Estígia de verdade...
- Deixa eu adivinhar - diz Alice - se a gente morre aqui...
- Sim...
- Ok. É só a gente não morrer então...
Os três olham para Alice.
- Ué, o que foi?
Eles continuam até outra repartição no mesmo prédio.
- Fred - diz Beto - Me vê um daqueles lampiões e... o que vocês usam para caçar normalmente?
- Me dê um taco de beisebol, uma katana pra ele e buraco para aquele ali se esconder... - diz Alice escolhendo como se escolhesse doces em uma venda.
- Ok...
- Me dê algo pra usar de longe! - protesta Iago - Eu não tenho físico para brigar de perto com ninguem...
Beto joga um estilingue na mão de Iago e algumas bolinhas num saco de pano.
- Todos prontos? Vamos lá...
- Espere - diz Fred - você tem que preencher e assinar esses formulários aqui...
- Mas eles não são daqui e...
- Então, os formulários são esses, em três vias e preciso de autenticação nas três e assinatura dos pais deles, já que são menores de idade de onde eles vêm...
Alice diz:
- O sauron lá falou que a gente podia...
- Regras são regras e todos sabem disso... - o senhor sai de trás de seu balcão e começa a recolher os apetrechos.
- Ah... ta bom... vamos sem isso mesmo... a gente se vira... - diz Beto saindo do prédio.
- E agora? - pergunta Iago.
- Vamos ao mercado negro ver se a gente acha alguma coisa... só espero que seja um espectro bem tosco dessa vez...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://mugentekikodairpg.forumeiros.com
eva45
Mod
Mod
avatar

Mensagens : 1483
Data de inscrição : 15/05/2011
Idade : 29
Localização : Indaiatuba

MensagemAssunto: Re: Capítulo 02 - WoD 101 - Aparição: O Limbo   Dom Out 12 2014, 20:26

- Realmente seu Beto... é meio deprimente essa falta de... de... -Faltava a Iago as palavras

- Resolução? sim né? meio triste voce morrer e dar de cara com burocracia. - suspira Beto. 

 - E por que sua esposa carrega com ela seu corpo? - Baltazar pergunta sem rodeios.

 - Há, to quase conseguindo minha via do termo persephone molecada. Mais um pouco, mais um pouco e posso voltar pro andar de cima! - Ele responde sorridente.

 Beto passa pela feira até uma viela entre predios e nela uma porta com uma lanterna pendurada. - Aqui, vamos lá e não assinem nada.

 - Boa tarde!

- Há, bom pra quem? - Era uma mulher de meia idade com um rosto severo mas bonito. Usava uma roupa de ginastica. - Ah, betinho, o que o traz por aqui? Hã? quem é essa molecada ai?

 - Kika mandou eles pra ca comigo.

- Serio? Ah quero só ver quanto tempo duram! O que vai precisar? Um revolver de vermes? Uma escopeta de fogo fatuo?

 - Me dá tres bestas, 30 virotes e 3 facões por favor.

 - E como vai pagar?

 - Ligue pra Kika Dona Rita, ela manda pra senhora o que precisar.

 - Tá bom betinho, ta bom. - A mulher vai até uma prateleira ao fundo e traz tres bestas, tres aljavas com virotes e os tres facões em bainhas de couro comum.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shinji
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 838
Data de inscrição : 14/05/2011
Idade : 33
Localização : Indaiatuba-SP

MensagemAssunto: Re: Capítulo 02 - WoD 101 - Aparição: O Limbo   Qui Out 16 2014, 10:11

- E agora? Vamos para o posto avançado dar uma surra em seja-lá-o-que-for? - diz Alice.
- Ainda não - fala Beto - Precisamos de mais algumas coisas.
- Tipo? - pergunta Iago carregando desajeitado suas coisas
- Informações. - diz Baltazar resoluto
- Correto. Sempre bom saber o que vamos encarar... se sabem que algo apareceu, alguém viu e passou a informação adiante.
- Já disse Musashi: "A percepção é forte e a visão é fraca. Em estratégia, é importante ver o que está distante como se estivesse próximo e ter uma visão distanciada do que está próximo." - diz Iago.
- É... começo a entender porque o Toninho apadrinhou vocês...
- E porque? - pergunta Baltazar num tom sério
- Olhem, chegamos. Denovo, não assinem nada!
Beto abre a porta de uma enorme e antiga estufa, com paredes e tetos de vidro. O lugar está lotado. Barulho, cheiro de comida e incenso, fumaça e uma certa umidade pegajosa pairam no ar. Eles se aproximam de um balcão.
- Oh amizade - diz ele para um barman vestido como se estivesse no começo de 1920 - O Hermínio tá aí? Preciso falar com ele.
O barman deixa um copo sobre o balcão e vai para o lado de dentro do estabelecimento por uma porta dupla.
- Achei que vocês não precisassem comer depois de mortos... - comentou Iago
- Não precisamos. Isso que vocês vêem são pessoas presas a suas manias e "pecados". Com sorte, alguns deles percebem o que estão fazendo e saem daqui, outros, voltam e acabam virando parte do lugar...
- Como assim? - pergunta Alice - Quer dizer que o cara volta para cá e vira, sei lá, uma cadeira?
- Isso. - diz Beto com um sorriso - Bem esperta você.
Alice se levanta devagar da cadeira que estava sentada enquanto os outros desencostam do balcão e tentam não tocar nas mesas e outros móveis.
Logo, um sujeito magrelo com bigodes finos e nariz pontudo surge da porta dupla.
- Ora, ora. A que devo a honra Beto? Se é por causa da pista daquela âncora que mandei para a Kika, eu não tinha como saber! Não consigo checar tudo, você sabe...
- Não vim por causa disso - diz Beto interrompendo o sujeito - O que sabe do posto avançado?
- Então escalaram você e os Goonies para ir la ver é? - Hermínio enrola um de seus bigodes entre indicador e polegar enquanto olha de soslaio para os três jovens ao lado de Beto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://mugentekikodairpg.forumeiros.com
eva45
Mod
Mod
avatar

Mensagens : 1483
Data de inscrição : 15/05/2011
Idade : 29
Localização : Indaiatuba

MensagemAssunto: Re: Capítulo 02 - WoD 101 - Aparição: O Limbo   Sex Out 17 2014, 20:29

- Que? Goonies?  Vem aqui Luigi pra voce ver um negocio! - Alice ameaça, mas o bigodudo ri apenas

- Bem, soube que meia duzia de espectros liderados por uma Sombra está de olho no posto, provavelmente esperando a hora certa pra atacar.

- E por que num usaram a metralhadora neles? - Beto pergunta.

- Você sabe porque. Dificil conseguir a permissão e tal...

- Há tipica burocracia. - Resmunga Beto. - Ok, algo mais que devia saber?

 O bigodudo se aproxima do fantasma mais jovem e fala baixo: - Pelo que disse um novato, A Sombra que comandava esse bando era o Velhote do Saco.

- Ah mas que droga! - Exclama Beto. - Como aquele velho chegou tão longe assim?

- E ele estava com o Cotoco.

- Ah mas que droga!

- Vai levar esses garotos com voce? - Pergunta Herminio olhando pra eles

- Ah, eles precisam ver com o que estão lidando. Bem, obrigado Herminio.

- Disponha.

 Os 4 saem da estufa e depois de momentos de silencio, Iago olhando para Beto que estava serio, pergunta:

- É tão ruim assim? 

- Voce não faz ideia. - Preciso eliminar o Velho e o Cotoco ou eles podem reunir outros espectros. Apenas façam o que eu disser ok?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Shinji
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 838
Data de inscrição : 14/05/2011
Idade : 33
Localização : Indaiatuba-SP

MensagemAssunto: Re: Capítulo 02 - WoD 101 - Aparição: O Limbo   Seg Out 20 2014, 23:05

Enquanto eles caminham seguindo Beto, Baltazar diz:
- Beto, você é uma consciência despida da carne de antes...
- Como é? - Beto pára e olha para Baltazar
- Você é um vestígio de quem foi... entregue a sí mesmo... uma imitação imperfeita da consciência que você foi, vivendo em uma realidade que simula o mundo em que vivia de modo distorcido... vivendo de esperanças e promessas que lhe iluminavam o caminho... e que agora, não podem mais ser cumpridas...
Beto não sabia se ria, se esmurrava o garoto ou se mandava ele devolta. Baltazar continua:
- A morte é o medo do nada... da obliteração, do esquecimento... e deve ter algo que o prende a tudo isso que o impede de transcender... - Baltazar o olhava com certo prazer pessoal e cinismo enquanto Beto respirava fundo em cada palavra chave. Morte, medo, esquecimento, transcendência.
Após um curto silêncio que se seguiu, onde ninguém ousou dizer nada, onde apenas o vento uivante de Estígia imperava, Beto ouviu uma voz que a muito não lhe atormentava, a sua própria:
- Ele está certo... você sabe disso... e você tem inveja disso... tantos anos apodrecendo aqui nesse lugar e ele já sabe como "seu fusca anda"... certeza que quando ele morrer, ele passa... sem paradas... direto para uma Ilha no meio da tempestade... ou melhor... transcende! Beto, Beto... adianta a viagem dele... já que ele manja, vai poupar ele de todo um sofrimento sendo caçador como o Antonio... faça esse favor e liberte ele desse fardo... ou você vai querer carregar essa culpa depois que ele morrer lá em cima e virar um tijolinho de algum castelo de uma aparição... ou um suquinho?
Beto ouve a voz de Alice:
- E aí zé presunto? Só porque o japa aqui falou bonito você deu tela azul? Bora lá corta o saco do homem e o que sobrou dos cotoco...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://mugentekikodairpg.forumeiros.com
eva45
Mod
Mod
avatar

Mensagens : 1483
Data de inscrição : 15/05/2011
Idade : 29
Localização : Indaiatuba

MensagemAssunto: Re: Capítulo 02 - WoD 101 - Aparição: O Limbo   Ter Out 21 2014, 10:07

Beto desperta do transe e num ato subito agarra Alice pelo pescoço e a ergue. ele saca uma kukri da cinta e olha para Baltazar. Ele e Iago travaram no lugar e Baltazar armou a besta dada a ele.

- Vamos garoto, dispare. Por que se procupar não? Todos morrem e é o medo que nos impede de seguir em frente! Mate ela! Faça ela seguir em frente! - Ele berra.

 Baltazar travou. Rosto inexpressivo, mas travado. Foi um golpe sujo, mas a mente logica do rapaz se tornou um turbilhão confuso e desordenado. Ele sabia que suas palavras eram verdadeiras, mas o que sentia por Alice o impediu de agir de qualquer jeito.

 - Vamos, nos de a transcendencia! - Ameaçou Beto colocando a kukri no abdomem de Alice.

 Baltazar baixa a besta e a coloca sobre o ombro.

 Beto larga Alice que cai de joelhos lutando para por ar nos pulmões de novo.

 - Desculpe por isso Alice né? Foi um golpe baixo eu sei.

 Iago vai socorrer Alice. Beto se aproxima de Baltazar.

 - Falar é facil garoto. muito facil, e aqui embaixo, NADA é facil.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Capítulo 02 - WoD 101 - Aparição: O Limbo   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Capítulo 02 - WoD 101 - Aparição: O Limbo
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Mugen RPG :: Outros :: Pacto de Nix-
Ir para: